terça-feira, 28 de agosto de 2012

Plano de ação coordenadora pedagógica


PERFIL DO COORDENADOR PEDAGÓGICO



A ação do coordenador pedagógico predomina-se em um trabalho onde a participação e integração da tríade aluno-professor-coordenador pedagógico, aliada a uma dinâmica ativa e coerente constituiu-se num resultado cujas linhas norteadoras colaborarão para um desenvolvimento eficaz em todo fazer pedagógico da instituição.
A rotina processo didático e do conhecimento que se ensina, aprende e (re) constrói na escola, solicita do coordenador pedagógico que incentive e promova o hábito de leituras, estudos e discussões coletivas de textos, tanto os que trazem subsídios aos conteúdos específicos, quanto os que ampliam e aprofundam bases, encaminhamentos e concepções do ato educativo de ensinar e aprender, que caracteriza a especificidade da escola e do conhecimento que deve ser garantido. Sendo assim, a função ou a “missão” do supervisor, requer dele, então uma ampla e bem apoiada visão dos fundamentos, princípios e conceitos do processo didático de que ensinar não é transferir conhecimento junto com minha equipe pedagógica iremos buscar os saberes necessários a nossa prática e necessidades.
Este plano é flexível de acordo com as necessidades reais da nossa creche de toda a clientela nela atendida, visando melhor e mais eficiente desempenho do trabalho didático-pedagógico e, obviamente, a melhoria da qualidade do processo de ensino-aprendizagem, tem o presente plano à função de orientar e avaliar todas as atividades do corpo docente, dinamizando, facilitando e auxiliando.
Sabendo da grande responsabilidade do papel do coordenador pedagógico, me proponho a trabalhar de forma democrática, atendendo as necessidades do grupo da melhor maneira possível, levando em conta a ética profissional refletindo sempre sobre a minha prática pedagógica, como cita em seu livro Freire, ensinar exige reflexão crítica da prática, levando assim a novas mudanças e aprendizagens.

                                                       PLANO DE AÇÃO:

ñ  Promover e participar das reuniões de pais e professores
ñ  Prestar assistência pedagógica de forma direta ao corpo docente e, indiretamente, ao corpo discente;
ñ  Estudar, pesquisar e selecionar assuntos didáticos e incentivar troca de experiências entre professores;
ñ  Orientar e acompanhar no preenchimento dos diários de classe;
ñ  Identificar constantemente quais as prioridades das turmas e professores para prestar-lhes um melhor atendimento;
ñ  Visitar com freqüência a sala de aula para melhor atender as necessidades de cada um.
ñ  Acompanhar o desenvolvimento dos planos, a fim de que haja um trabalho interdisciplinar, podendo atender com eficiência toda clientela da instituição;
ñ  Avaliar a execução dos planos;
ñ  Cuidar para que haja um relacionamento interpessoal saudável no cotidiano escolar
ñ  Organizar com antecedência as reuniões de htpc, levando em conta as necessidades e dificuldades do grupo.
ñ  Estimular criatividade e a capacidade de cada educador.
ñ  Elaboração do planejamento anual
ñ  Participação nas reuniões administrativas;
ñ  Orientação coletiva e individual;
ñ  Auxílio e vistoria nas avaliações;
ñ  Acompanhamento e avaliação dos planos;
ñ  HTPC's
ñ  Assistência à direção em assuntos pedagógicos e em atividades planejadas.
ñ  Observação e assistência contínua;
ñ  Diálogos individuais;
ñ  Estudos, pesquisas e seleção de conteúdos;
ñ  Identificação das prioridades de cada turma;

                                              AVALIAÇÃO

A avaliação consiste num trabalho progressivo e cooperativo entre a direção, coordenação pedagógica e corpo docente, integrados nos problemas que interferem no processo ensino-aprendizagem, para dar-lhes solução adequada. Esta avaliação contínua e progressiva será feita através de uma analise do plano elaborado, para verificar se os objetivos foram alcançados, observações diretas e indiretas de todas as atividades desenvolvidas, visitas, conversas, reflexões e conclusão dos dados coletados.

                                                   CONCLUSÃO:

O alcance dos objetivos deste plano, a melhoria do processo ensino-aprendizagem e o processo dos alunos não dependem somente da atuação do coordenador pedagógico, mas também, do apoio da direção da escola, da aceitação e esmero dos professores, do desempenho dos demais funcionários, do estabelecimento e a parceria e comprometimento da família, somente assim teremos êxito nesta grande batalha. 




PAC NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS

PERFIL DO GRUPO – 2012


Grupo de educadoras composto por 8 professoras PEB I superior completo algumas pós graduadas e 6 ADIs sendo apenas uma com superior completo e o restante cursando nível superior em pedagogia. Grupo bastante resistente no inicio do ano devido mudanças no quadro docente, assim sendo necessárias intervenções pontuais coletivas e individuais da equipe gestora, combinados internos e htpcs motivacionais.
Durante o horário de trabalho pedagógico coletivo (HTPC), maior parte do grupo demonstra interesse no assunto tratado, gostam do que estão aprendendo e trocam saberes, porém para algumas existem dificuldades após as orientações, principalmente no momento de colocar em prática, sendo necessário realizar intervenções durante os 50’, devolutivas nos semanários e conversas individuais com ADIs para melhorar o desempenho e aprendizagem das crianças.
A união da equipe nem sempre está fluente precisando sempre incentivá-las para realizarem o trabalho, alguns combinados “pedagógicos” foram realizados para melhor desenvolvimento da criança que é o no FOCO, como por exemplo, a socialização do planejamento e compartilhamento de ideias e sugestões entre as educadoras. Essa prática não existia devido resistências e intrigas, agora é algo que já faz parte da rotina observo uma procurando a outra para pedir ajuda ou trocar informações.
Nota-se ainda que o grupo necessitam de ajustes como criar o hábito de registros, pontualidade e respeito no que é solicitado e gestão de sala de aula.

2° PERFIL DO GRUPO - DINÂMICAS ESTILOS DE COMUNICAÇÃO

No mês de Outubro realizamos a dinâmica estilos de comunicação solicitada pela equipe de formação da Secretária de Educação, com objetivo de traçar um novo perfil do grupo. A dinâmica tem por objetivo  identificarmos a forma de comunicação de todos os docentes, com intuito de melhorias na comunicação para realizar adequadas intervenções. Através das informações coletadas foi possível detectarmos que a grande parte do corpo docente possui o estilo de comunicação voltado a PESSOA com as seguintes características: 

1.      Mostrar-lhes os benefícios humanos.
2.      Dar-lhes chance de conhecer você como pessoa.
3.      Averiguar seus sentimentos a respeito do projeto.
4.      Mostrar e manter o entusiasmo.
5.      Assegurar-lhes de que os participantes terão uma experiência recompensadora.
6.      Valorizar as pessoas, mais que os detalhes.

Três educadoras são estilo processo: 

1.      Detalhar o projeto mostrando todas as partes.
2.      Identificar os recursos para completar o projeto.
3.      Mostrar um plano: horários, estratégias, finanças, cronograma, organograma, etc.
4.      Perguntar que obstáculos vêm.
5.      Mostrar que você já calculou os riscos e tem planos de contingência.
6.      Dar tempo para eles pensarem e analisarem.


Apenas uma apresenta estilo ideia:
1.      Pedir-lhes ajuda para investigar uma ideia.
2.      Mostrar a finalidade – o grande propósito. Seja abrangente.
3.      Relacionar o projeto com os valores que você tem em comum com essa pessoa.
4.      Não mostrar um plano, semear um pensamento.
5.      Antecipar as perguntas. Dar bastante tempo para diálogo.
6.      Permitir que a pessoa tenha uma participação individual.
7.      Pergunte se a pessoa tem outras opções ou alternativas a compartilhar.


Ao aplicarmos a dinâmica e conhecer algumas personalidades do nosso grupo de educadores nos surpreendermos com alguns que não pensávamos que tivesse determinado estilo de comunicação e outros devido à convivência concordamos plenamente com o que foi traçado. Creio que ficou muito melhor para intervir sabendo o estilo de cada um, assim podemos aprofundar melhor nossas intervenções e explicações que para alguns ficavam muito claras e já para outros difíceis de serem compreendidas e após a dinâmica o trabalho ficou muito mais "claro". 










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário